sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Blogues de Cabo Verde



Para nós conhecermos Cabo Verde -sem ter de apanhar o avião ou mesmo antes de o apanhar (quem me dera!)- podemos viajar pelas páginas dos seus escritores: Germano Almeida (há vários livros deste excelente romancista na biblioteca), Baltasar Lopes (o autor de Chiquinho) ou Manuel Lopes (que escreveu Os Flagelados do Vento Leste em 1959); podemos ouvir música de Cesárea Évora ou Sara Tavares (portuguesa, filha de emigrantes) e até podemos ver programas espanhóis de televisão. Sempre estão aí wikipédia, as páginas oficiais do governo, da Rádio e Televisão CaboVerdiana ou a inovadora revista digital Tertúlia Crioula, criada por jovens estudantes universitários.
Mas agora vamos dar uma voltinha pelos blogues caboverdianos, que encontramos em www.afrigator.com, nos blogs cabo verde blog e Sobre Cabo Verde ou no sapo.cv/.
Já dei uma olhadela e gostei daquilo que vi. Por exemplo, acho magnífico Café Margoso: um blogue muito bem cuidado, com excelentes fotografias e textos de qualidade (i.e. "perguntas cafeanas"). Mas não está sozinho: é um prazer, ou simplesmente muito interessante, ler as páginas de Pedrabika e Teatrakácia. E há mais, para o buscador Afrigator eis 15 principais blogues caboverdianos: Café Margoso, Pedrabika, Sanpadjud, Morabeza, Teatrakácia, Ouvir Estrelas..., Com(ou sem)tigo, Maktub, Blog de Amílcar Tavares, Pedaços de mim, Palco da Vida, O Blog do Reitor da UniPiaget, O outro lado do Eu (feitos estes dois últimos pelo Prof. Jorge Sousa Brito), Waaldé e Caboverdiano.

Contudo, encontrámos ainda mais blogues, nomeadamente no sapo: O aZul dO mAr, Kusas di Téra, Muzika di Téra (sobre a música de Cabo Verde em Portugal).

Percorram pois, Cabo Verde sem saírem de casa: naveguem em português e crioulo cabo-verdiano pelos blogues deste arquipélago africano.



7 comentários:

JB disse...

Obrigado pela referencia, caro amigo!

Abraço de cabo verde

João Branco

Anónimo disse...

Para quando essa viagem?
Cristina Ruiz

Departamento de Português disse...

Quem me dera ir e conhecer Cabo Verde! Se calhar, quande o novo aeroporto estiver acabado (acho que vamos ter de esperar mais um bocadinho; com certeza o aeroporto abrirá antes). Mas, tudo chega, é só ter paciência.

Chema Durán

KissFlower disse...

Obrigada pela referencia!!
Bijim da Lisboa (corpo presente) e Espirito (Cabo Verde)

Fonseca Soares disse...

Muito obrigado pela referência, amigo, mas há ainda muito mais... e bem interessantes blogues para 'espreitar' e acompanhar...
Abraço

Departamento de Português disse...

Caro Fonseca Soares,
Que bom que estes não sejam os únicos! Vamos ver se, a pouco e pouco, podemos mostrá-los. De qualquer maneira, julgo que este não é o mau primeiro passo.

Amílcar Tavares disse...

Obrigado pela menção, meus caros.

Cabo-verdianamente,

Amílcar.